sábado, 21 de março de 2009

Dia Mundial da Poesia

[Ilustração de Nadir A D’Onofrio Santos SP]

Neste Dia Mundial da Poesia que foi também , aqui em Coimbra, o começo da campanha para as eleições europeias pelo lado do PS, resolvi ir ao silêncio da estante buscar um livro de poemas que publiquei em 1996, "Sete Caminhos", para recordar hoje um poema que aí incluí.


OS ANOS E O LUGAR

Somos nós a raiz deste lugar,
a íntima saudade do que foi,
a doce nostalgia do futuro.

Aqui morreu o vento de Castela,
seu manto de soberba
e sua espada.

O verdadeiro mar foi inventado,
nestas praias de esperança
e de partida.

E o rosto da Europa foi inteiro,
quando a olhámos primeiro.

RUI NAMORADO

1 comentário:

José disse...

Mais um belo poema do Rui. "Somos nós a raíz deste lugar".
A raíz do lugar também é a lingua portuguesa que permite ao criador tão bonita criação.