quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

A notícia de uma não-notícia

A notícia começou por ser a particular novidade de que um Senhor Juiz ia esclarecer tudo, acerca das escutas aos Senhores Fulano e Beltrano. Afinal, o Senhor Juiz veio esclarecer que não podia esclarecer.

Ou seja, foi dada em duplicado a notícia de uma não-notícia. É o que se poderia chamar um silêncio ruidoso, ou a história de como se podem fabricar duas notícias farfalhudas sobre nada.

Mas nem tudo se perdeu: sempre se deitou um pouco mais de lama sobre o Senhor Fulano que até ver nem sequer faz parte da história.

1 comentário:

André Pereira disse...

O Fulano não pertence à história da cara tapada, mas tem as costas largas e os sabujos de serviço gostam de lhe dar pancada.