domingo, 26 de julho de 2009

Santos de pau carunchoso...

Do meu amigo e camarada José Gama, professor na Escola Secundária Infanta DªMaria, de Coimbra, recebi o texto que se segue e que é uma cópia do que enviou ao Bloco de Esquerda, tendo-me autorizado a transcrevê-lo.


"Acabei de ver na televisão um extracto da intervenção de Francisco Louçã, com palavras muito violentas para Sócrates, condenando-o pelo hipotético convite feito por ele a Joana Amaral. Não sei se esse convite foi realmente feito.

No entanto, tenho que manifestar a minha imensa revolta pela falta de coerência e sentido ético por parte dos vossos dirigentes, pois se é assim tão grave o convite de José Sócrates a Joana Amaral, como não considerar grave o convite recente feito por dirigentes bloquistas a militantes do PS com vista a encabeçarem listas às eleições autárquicas? Sei do que falo e Francisco Louçã pode confirmar junto de Ana Drago.
Continuamos, todos, a ter em menor cuidado a dignidade que devia ter a política e, se fosse o caso de sermos crentes, podíamos dizer que corremos o risco de nos juntarmos todos com ela no inferno.
Espero que se contenham mais a propósito deste episódio.

Apesar da falha, que considero grave, envio saudações socialistas.

José Gama
Coimbra"

* * *
Como se vê, os "santos" também são "pecadores".

33 comentários:

aminhapele disse...

Mantenho a minha antiquada opinião.
Há sempre uns frades que,por feitio e não por falta de inteligência,usam sandálias de marca,mas nunca conseguem chegar a confrades!
São únicos!Os outros,coitados,têm que esperar pela benção...

Fura Fura disse...

Ainda existem professores apoiantes de Socrates e da Ministra da Educação??

Filipe Tourais disse...

Quando não resta outra, baralhar é a melhor estratégia. O objecto de crítica de Francisco Louçã não foi tanto o convite para deputada e sim o outro convite que surgiu após a recusa do primeiro, para a direcção do IDT, em troca de apoio político. Será que alguém do Bloco ofereceu algum tachito àqueles militantes do PS que recusaram integrar as listas autárquicas do BE? Suspeito bem que não.

RN disse...

Há militantes socialistas que, sendo professores, se bateram contra o que consideravam errado na política educativa do "seu" próprio governo, com muito mais eco público e frontalidade do que muitos dos militantes de partidos da oposição ao Governo.É o que acontece com os professores envolvidos.

Já o comentador Fura Fura foi incapaz de reconhecer que a direcção do BE foi de uma hipocrisia rasteira, quando alardeou um protesto indignado contra um convite (aliás desmentido!)feito a militantes do BE para integrarem listas do PS, quando eles já antes tinham convidado pelo menos uma militante do PS para integrar uma lista do BE.

Anónimo disse...

Filipe Tourais faz incidir a sua crítica num outro prisma.

Se estivesse realmente em causa a tentativa de conseguir apoio político em troca de um "tachito",teria toda a razão em atacar uma tal decisão.

Mas temos que reconhecer que se tal diligência foi realmente feita por alguém com poderes para tal, foi uma grande imbecilidade política. De facto, se a versão do BE fosse a verdadeira, teria havido uma tentativa de incluir a JAD numa lista de deputados, o que ela teria recusado.
Vir convidá-la depois para dirigir um instituto público a dois meses de eleições legislativas em troca de um vago apoio político, é algo que não faz sentido. Então procura aliciar-se quem acaba de recusar uma oferta política relevante com uma oferta tão incerta e tão fraca ?
Não faz sentido. mais parece que a história do convite não passa de uma tentativa de camuflar o passo em falso dado pela direcção do BE, quando comentou violentamente um convite que não existiu, sem tero tido o cuidado de ponderar o facto de ela própria ter feito pelo menos um convite simétrico.
este é que é o pnto, o resto é manobra de diversão.

Anónimo disse...

FURA,OU FURÃO? já não há pachorra para aturar estes pseudo esquerdistas só eles é que contam...a senhora é esperta e o que ela sabe já a mim me esqueceu o que ela queria era protagonismo ou 1 lugarzito de deputada pelo tijolo( sim porque tijolo é muito mais portugues que bloco...)e ao LOUÇA INTRESSOU desvalorizar a 7ª posição do MIGUEL VALE ALMEIDA

Anónimo disse...

SIM A PARTIR DE HOJE OS BLOQUISTAS PASSAM A SER OS TIJOLISTAS ...

Anónimo disse...

Moral da estória: Nem PS nem BE. Vou pelo PSD da Manela! Lol

Anónimo disse...

Eu prefiro a "excelência" das listas do PS Coimbra para a AR, CMC e AM. :) Assim, se vai perto! :)

Anónimo disse...

O anónimo das 19 h e 29 m vai pela "Velha do Restelo". É o que se chama uma opção jovem...

Anónimo disse...

O certo, caros amigos, é que "Frei Louçã", já não insiste na verdade do que afirmou.

Prega agora um sermão confuso sobre a moral pública, mas sem deixar de se absolver piedorsamente a si próprio da sua feia mentira.

Enfim , uma bula revolucionária a autorizar as mentiras proletárias desde que sejam genuinamente anti-burguesas.

Anónimo disse...

Mais uma da imbatível dupla Batista/Fernandes?

Anónimo disse...

A dona Joana o que quer é que falem dela.Afinal ninguem a leva a sério.Alguem duvida que foi ela que arranjou a história para se vingar do Louçã,porque a correram do Tijolo?

Anónimo disse...

Ou será que o Batista sonhou ser cabeça de lista com uma dona lisboeta e mediàtica em segundo e desatou a convidar e a prometer?

RN disse...

Quem tenha acompanhado, ainda que à distância, o processo distrital e nacional de formação da lista de candidatos do PS por Coimbra, tendo nomeadamente participado nas reuniões decisórias da Comissão de Federação de Coimbra e da Comissão Política Nacional, sabe que não faz objectivamente qualquer sentido que o VB tenha convidado a Joana Amaral Dias para ser número dois da lista.

O processo de elaboração da lista de Coimbra foi algo complicado, envolvendo até outros distritos, mas nenhuma das complicações teve a ver com a JAD.

Mas o que verdadeiramente conta neste vendaval inventado pelo Louçã, é o facto de o BE ter feito pelo menos um convite em Coimbra para que uma militante do PS integrasse uma lista do BE (convite aliás rejeitado), mas ter-se fingido muito indignado com a hipótese de o PS ter tido um comportamento semelhante.

Ou seja, é falso que o PS tenha convidado JAD para integrar as suas listas. mas mesmo que fosse verdadeiro, o BE não teria qualquer legitimidade para se mostrar indignado por já haver feito o mesmo a uma militante do PS.

Anónimo disse...

Afinal ela tem assim tanta importância? É assim tão boa, para falarem tanto dela?

Anónimo disse...

Já foi melhor. O tempo é cruel.

aminhapele disse...

É como dizia O'Neill:
"Já deste corda ao pardal?"

Anónimo disse...

Mas continua boa!

Anónimo disse...

Psicosociológicamente,como é óbvio!

Anónimo disse...

Realmente... vocês são "terríveis" e "maldosos"! Boa no discurso? Boa nas práticas? Boa no seu desempenho profissional? etc..

Anónimo disse...

Ou JAD é uma santa ou uma pecadora?

Anónimo disse...

Ó gente da esquerda folclórica, deixem-se de piadas. Discutam política.

Anónimo disse...

Ah! gostei dessa: gente de esquerda folclórica. Ora vamos lá discutir politica. Ainda não falamos de: inexistência de um site da campanha do ps para Coimbra;das politicas a implementar em caso de vitória (vocês já sabem quais são?; da falta de comparência dos militantes nas acções de campanha (mesmo os que vão nas listas); na escolha de uma lista equitativa composta por militantes de todas as gerações, dos 2 sexos, várias profissões e várias habilitações. Porque razão são sempre os mesmos? E não falemos que nas funções mais importantes os militantes não têm assento, pois estas estão ocupadas por 3 independentes (mas quanto a isto não discutamos, pois já é passado)

Anónimo disse...

Faço uma sugestão ao Prof. RN,
Porque não coloca um forum one-line, para debatermos as questões? Assim entre uma e outra reunião da nossa corrente de opinião, iríamos falando. O que acha Prof.?

RN disse...

Não domino bem as técnicas que são exigidas por um forum de discussão.

Mas podem atingir-se objectivos próximos, sendo-me enviados textos por email devidamente identificados, para eu os poder publicar como postagens no meu blog. Depois quem quiser pode comentar esses textos.

Anónimo disse...

oh camaradas, acho que o Sócrates me ouviu. acabou de enviar uma mns a dizer para eu ir ver o programa eleitoral dele e acrescentou o de Coimbra é mais tarde.

Anónimo disse...

Conheço uma pessoa que não fará qualquer campanha: eu mesmo!

Os profissionais da política e afins que as façam.

Acho que já bateu no fundo.

Anónimo disse...

O problema do PS está menos nos militantes que não fazem campanha, do que nos "notáveis"que entusiasmadamente se ocupam a dar tiros nos pés.

Anónimo disse...

Olhem bem para o que se diz na comunicação social sobre o "estradista" que esforçadamente procuraram impor a Coimbra como o seu grande nº1.

O "menino" já se sentia importante o suficiente para convidar umas garotas que o acompanhassem nas listas.

Já agora, tomem nota: tenho uma prima muito bem apessoada que votou no BE, pelo que desde já a proponho para ser a terceira por Coimbra nas próximas legislativas.

Valha-nos Deus !

Anónimo disse...

Se o "estradista" fosse nº 1 por Coimbra, tínhamos o problema de "Coimbra, capital da (e), (o), (os)..." resolvido:
"Coimbra, capital «dosss filhosss de papai!». Seria original, não acham?

Anónimo disse...

oh se seria! PS está-se a tornar uma monarquia! Pena minha não tenho lá o pai.

Anónimo disse...

"Coimbra é uma lição...". Não é. Foi!